Tire as suas máscaras!

II Samuel 21:15-17: “De novo tiveram os filisteus uma peleja contra Israel; e desceu Davi, e com ele os seus servos; e tanto pelejaram contra os filisteus, que Davi se cansou. E Isbi-Benobe, que era dos filhos do gigante, cuja lança pesava trezentos siclos de cobre, e que cingia uma espada nova, intentou ferir a Davi. Porém, Abisai, filho de Zeruia, o socorreu, e feriu o filisteu, e o matou. Então os homens de Davi lhe juraram, dizendo: Nunca mais sairás conosco à peleja, para que não apagues a lâmpada de Israel.”

O pastor Fabricio começou sua ministração falando sobre o conceito de Metamorfose e disse que toda vez que se lembra dessa palavra o conceito biológico vem a sua mente. Em seguida falou de alguns conceitos que estão ligados à mudança:

Mudança: É a palavra principal do Cristianismo. Conversão: Antes a pessoa seguia o mal, mas agora segue o bem. Santificação: É a mudança de atitude. Antes a pessoa fazia tudo errado, mas agora procura fazer tudo certo. Regeneração: É a mudança de vida. Antes a pessoa estava morta espiritualmente, mas agora está viva. Glorificação: É a mudança de corpo.

A duas primeiras 2 palavras desse texto chamam a atenção: “De novo”. É triste batalhar com os mesmos gigantes. Os filisteus sempre foram os grandes inimigos de Israel. Ciclo é qualquer série que se repete em uma ordem com intervalos. São as áreas que o inimigo já identificou em sua vida. Davi pensava que já havia derrotado todos os gigantes, mas eles se levantavam contra ele de novo. Os ciclos nos mantém escravos de nos mesmos. O inimigo sempre traz a mesma situação, de formas diferentes. Veja alguns exemplos: Sansão, por 4 vezes, disse que havia lutado. Abraão tinha um ciclo de mentira em sua vida. Ele mentiu ao dizer que Sara não era a sua esposa. Jacó tinha problemas na área do engano. Saul tinha um ciclo de julgamento precipitado, ele era desobediente. Judas tinha um ciclo com o dinheiro. Paulo tinha um ciclo tão forte que era um espinho em sua carne e ele pedia graça e força a Deus para que isso acabasse, mas o ciclo voltava.

Existem situações em sua vida que se aquietam. Parece que tudo está bem, mas de repente o gigante que você acreditava ter derrotado ergue-se novamente e, de novo, o gigante se levanta. Pode ser o gigante da ira, depressão, murmuração, ciúmes, do problema com o perdão, da desconfiança, etc e você fica amargurado(a). Um dia você foi forte, parecia ter vencido tudo, estava bem, mas o ciclo voltou e hoje você está mais cansado(a). A Bíblia diz que Davi quase morreu por causa de seus ciclos. Nós não podemos descer ao local da guerra quando temos problemas com ciclos inacabados. O ciclo nos engana, mas o inimigo é o mesmo. A estratégia usada por ele é a mesma, mas muitas das vezes não enxergamos porque o inimigo aparece maquiado. Ele te engana!

Como Davi se livrou desse problema? Davi foi socorrido por Absai, filho de Zeruia. Absai significa: meu dom, minha força. E Zeruia significa: bálsamo. Quando pensamos em erro e falha como a desobediência, por exemplo, pensamos em níveis. Entenda que a Bíblia não olha o pecado como algo individual. Em Isaías 57:20 está escrito: “Mas os ímpios são como o mar bravo, porque não se pode aquietar, e as suas águas lançam de si lama e lodo.” Quando queremos nos livrar de qualquer tipo de ciclo, usamos o poder da vontade. Você vai ao culto, por exemplo, e diz: “Nunca mais eu faço isso!”. Você age pela mente e a luta torna-se vã porque descobre, mais uma vez, a falência e a vontade de como a nossa justiça nos engana, nos machuca e nos leva novamente onde não gostaríamos de estar. Quantas vezes você disse que não faria algo e faz de novo? Quantas vezes você se programa para não fazer algo e faz novamente?

Ouvimos sempre, no mundo secular, que o que queremos e mentalizamos, nós conseguimos. E aí você levanta um ídolo de sua própria vontade, de sua própria força. Em Colossenses 2:23: “As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.” Quando dizemos para nós mesmos que algo não vai mais acontecer, que vamos conseguir e definimos em nossa mente, confiamos em nossa mente. É uma falsa humildade que não tem valor algum. A força de vontade sempre acaba nos decepcionando. A teologia secularizada é uma furada!

Em II Coríntios 3:18 está escrito: “Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.”. Volte ao tempo onde você é transformado de glória em glória, de fé em fé. Esse versículo não diz que somos transformados pelas nossas definições e vontades, mas diz que somos transformados de glória em glória pelo poder do Senhor. A nossa mudança acontece na hora em que nos aproximamos mais de Deus. Quanto mais você se expõe à glória de Deus, mais você é mudado. É Ele quem nos transforma, é Ele quem muda a nossa história e destrói os gigantes que insistem em se levantar de novo. É por isso que Deus escolhe as coisas loucas desse mundo para impactar as sábias. Ele está atrás de pessoas que se entregam verdadeiramente e não ligam para o julgamento dos outros, ou seja, não ligam para nada!

Você sabe para que as máscaras eram usadas? Para que ninguém fosse reconhecido, mas isso continua até hoje. Nós vivemos dias de máscaras. No texto está escrito “com o rosto descoberto”. Naamã era um leproso por dentro, mas por fora era bom, estava ótimo. Moisés tem um momento maravilhoso com Deus, mas depois ele cobre o brilho do rosto com um véu. Temos máscaras relacionais como a de José. Ele não se revelou aos irmãos como Rei porque estava machucado. Muitas pessoas usam esse tipo de máscara. Pessoas que já se machucaram em igrejas, com pastores e líderes usam máscaras também. Se você julga, prescruta e questiona as igrejas, entenda e aprenda que existe, SIM, gente santa, correta. É melhor você abrir o seu coração, tirar a sua máscara e abraçar ao seu irmão. As máscaras cairão para que a gloria de Deus se manifeste.

Por que com o rosto descoberto? Porque somos transformados quando revelamos a Deus as nossas incoerências. E isso acontece quando dizemos a Deus que um gigante se levantou novamente e precisamos deLe. É quando queremos que um ciclo seja encerrado, quebrado e confessamos isso ao Pai. É quando você quer ser transformado pela glória de Deus.

Seja o melhor de Deus e deixe a glória deLe brilhar em sua vida!

Flávia Aleixo.

Published in: on fevereiro 24, 2012 at 16:58  Comments (1)  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2012/02/24/tire-as-suas-mascaras/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. 2 Coríntios 4:6


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: