A legalização do aborto no Brasil e o programa partidário do PT

Estamos vivendo o período eleitoral de 2010 onde grande parte da população brasileira não tem conhecimento de que as atuais eleições possuem regras novas no tocante a fidelidade partidária e a vinculação direta de seus candidatos aos programas partidária ao qual estão filiados.

Diante de tal fato, existem alguns partidos que por força do seu estatuto ou resoluções internas obrigam todos os parlamentares votar de acordo com a determinação do programa partidário definido pela executiva a seus filiados.

Assim, por força da Resolução nº 22.733/2008 do Tribunal Superiror Eleitoral, o candidato ao cargo político está vinculado obrigatoriamente aos programas e ideologias da sua agremiação partidária, ou seja, o candidato a senador ou deputado, por exemplo, está obrigado a votar segundo as idéias do seu programa partidário e o candidato a governador e presidente da república a dirigir o estado da mesma forma, repita-se.

Dessa forma, a idéia popular de que as pessoas votam em candidatos e suas consciências não é mais verdade. Não votamos mais em Candidatos, mas sim em Partidos Políticos, por força desta Resolução eleitoral, ou seja, o mandato pertence ao partido e não ao candidato eleito, apresentado na lista partidária aberta simplesmente.

Neste sentido temos visto que o Partido dos Trabalhadores – PT, o Partido Comunista Brasileiro PCB, o Partidos Socialista dos Trabalhadores Unificados – PSTU, O Partido Verde – PV e outros partidos fecharam questão sobre a defesa do aborto do Brasil.

Em razão desta posição tomada por estes partidos e outros, temos que a Candidata a presidente Marina Silva do PV, que pessoalmente diz ser contra o aborto, mas defende partidariamente que o aborto deve ser discutido via plebiscito (fazer uma votação com a população decidindo o tema), o que nós não concordamos, pois a VIDA JAMAIS DEVE SER MOTIVO DE DISCUSSÃO, o aborto é algo inegociável.

O Candidato Serra do PSDB diz ser contra o aborto, mas ele quando esteve ministro da Saúde do governo do FHC em 1998, assinou a norma técnica para o SUS ( Sistema Único de Saúde) que disciplinou regras para realizar o aborto previsto em lei até o 5º mês de gravidez, entretanto o partido do PSDB deixou o tema livre para cada candidato votar este tema segundo a sua consciência.

A Candidata a presidente Dilma do PT anda dizendo nesta fase final de sua campanha que ela é contra o aborto e não apoiará a legalização no Brasil. Pura inverdade, pois o seu partido, sob o seu conhecimento e apoio, aprova AS POLÍTICAS DE LEGALIZAÇÃO DO ABORTO.

Assistam ao Vídeo feito pelo Dr. Paulo Fernando, lider pró-vida em Brasília, onde de forma didátiva e com conteúdo sólido apresenta a verdade sobre o programa partidário do PT e o seu apoio incondicional a legalização do aborto no Brasil, inclusive com depoimentos dos deputados Henrique Afonso  – AC e Luis Bassuma – BA (ex-deputados do PT), que foram ameaçados de expulsão e depois suspensos por defenderem à vida desde a concepção contra o aborto.

Assista ao vídeo:

Fonte: Zenóbio Fonseca

Published in: on setembro 16, 2010 at 20:53  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/09/16/a-legalizacao-do-aborto-no-brasil-e-o-programa-partidario-do-pt/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. O programa partidário do PT não tem nada de concreto. Tem temas para discussão, inclusive com aliados. Fui no site e li. O PROGRAMA DE DILMA não tem nada disto e para quem conhece Dilma, sem mentiras e ódio, sabe que ela sempre foi contra. Um absurdo que estão fazendo contra a pessoa dela.

  2. VENDILHÕES DA PÁTRIA FORAM AQUELES QUE NOS ÚLTIMOS 8 ANOS FIZERAM NOSSA DÍVIDA INTERNA COM MEIA DÚZIA DE BANQUEIROS NACIONAIS SALTAR DE 70 BILHÕES PARA O ABSURDO DE 1 TRILHÃO, SEISCENTOS E TRINTA BILHÕES DE REAIS; PAGAMOS MENSALMENTE PRA ESSA MEIA DÚZIA CERCA DE 17 BILHÕES DE REAIS; O QUE SE DÁ EM 1 ANO PARA 15 MILHÕES DE BRASILEIROS NO BOLSA FAMÍLIA SE DÁ EM 30 DIAS PARA OS BANQUEIROS ; AHAHAH AIAIAI DE NÓS……

  3. Já que todos os candidatos que conhecemos estão em partidos comprometidos com a legalização do aborto, e o Serra embora negue, é o único dos candidatos com experiencia em assinar a norma “técnica” ensinando como assassinar crianças indefesas com até cinco meses de gestação, bobo é quem vota nesse monstro mentiroso. Se verificarmos cuidadosamente, Serra é o pior dos candidatos, mente muito, e gosta de espalhar mentiras e insinuações maldosas. Fazer acusações e não apresentar provas. E sabemos que FHC/Serra foram vendilhões da Pátria, Serra é frio e distante das necessidade dos mais pobres. Serra é uma ameaça à liberdade de imprensa. Ele não tem escrúpulos, ele não hesitaria em contratar a grande mídia para mantê-la calada sobre ele, como fez na véspera de terminar seu governo, assinando contratos com Folha de São Paulo, O Estadão, A Revista Isto É, a Revista Época e a Revista Veja, contratas de duração de um ano, pagou quase oito milhões de reais, dinheiro publico, claro! Nâo tem escrúpulos e é muito autoritário, prepotente. O partido da Marina, do ponto de vista dos cristãos fundamentalistas, é um dos mais iníquos, já que está cheio de ex terroristas, maconheiros, homossexuais, defensores do aborto (ela mesma defende abertamente o aborto em caso de estupro, e apoia a legalização de a população decidir assim em plebiscito, defende abertamente a união civil de pessoas do mesmo sexo, mas tenta enrolar dizendo que não é favor do casamento (aí ela vira católica e chama o casamento de sacramento). Ora bolas, casamento e união civil, é a mesma coisa no que diz respeito a garantir os direitos previdenciários, o direito de herança, partilha de bens em caso de separação, e outros direitos dos homossexuais que vivem em união estável como se casados fossem, ou que passarão a viver. Eu vinha pensando muito em votar na Marina. Um colega de militancia ambiental havia me convidado para fazer parte um grupo de apoio à Marina. Mas ultimamente me desiludi com ela. Cheguei a pedir, por escrito, que ela se manifestasse contra essa campanha de odio, de mentira, de calúnias contra Dilma. Ela não fez, ela dá mais importancia aos interesses pessoais do que a dignidade. Ele não se manifestou com medo de se queimar perante os evangélicos, mas a meu ver ela já está desmoralizada, já mostrou que não tem a estatura moral que eu supunha que ela tivesse. Por ataques dos ataques covardes desencadeados por Serra, seus blogueiros de inteligencia curta, seus assessores jornalistas tucanos que trabalham nas grandes empresas de comunicação (algumas acima citadas), os ataques das grandes empresas de comunicação que ameaçam não respeitar a soberania do voto popular, por causa dos ataques doentios de gente muito doente como os mais novos cabos eleitorais do Serra, O Pastor extremistaislâmicocristão Piragine e outro aiatolá xiita muçulmano catatólico apostolico Romano, Bispo Dom Luis Gonzaga e o grande comerciante da fé, o mega empresário Pastor Silas Malafaia ou Malacheia, e por causa do silêncio da irmã Marina, de sua falta de sensibilidade, de solidariedade com sua colega Dilma, eu não tenho mais condições psicológicas de manter meu voto na Marina. É Dilma 13 para continuar os Projetos implementados pelo nosso querido presidente da Republica. Chega de mentiras e agressões gratuitas. Eu digo NÃO aos vendilhões da Patria (Serra/demo/FHC e companhia).


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: