MP acusa médicos pela morte da mãe de Sean

O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou os médicos Nadir Farah e Eduardo Pessoa Farah por homício culposo pela morte de Bruna Bianchi, mãe do menino Sean Goldman. Ela morreu no parto de sua segunda filha, em 2008, enquanto ainda tentava manter a guarda de Sean, concedida ao pai, David Goldman no fim do ano passado.

A denúncia também incluiu os nomes de Marcus Vinicius Guedes Werneck, Izabel de Araújo Nogueira e Sérgio de Oliveira Monteiro. Os médicos fizeram parte da equipe médica que fez o parto de Chiara, filha de Bruna, com o seu segundo marido, João Paulo Lins e Silva. De acordo com a certidão de óbito, Bruna morreu por hemorragia pós-parto, atonia e routra uterina, na Casa de Saúde São José.

Bruna morou com David Goldman nos Estados Unidos antes de se mudar para o Brasil. Ela veio para o Brasil em férias com o menino, quando resolveu pedir a separação e a guarda do filho. Em 2004, começou a disputa pela guarda de Sean. No ano seguinte, Bruna se casou novamente e engravidou de Chiara. A briga pela guarda de Sean teve fim no ano passado, com o retorno do menino aos Estados Unidos.

Fonte: Consultor Jurídico / Ministério Público do Rio de Janeiro

Anúncios
Published in: on maio 25, 2010 at 10:01  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/05/25/mp-acusa-medicos-pela-morte-da-mae-de-sean/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: