Miss Estados Unidos 2010 nasceu no Líbano

Na noite do último domingo, a imigrante libanesa Rima Fakih, 24, ganhou o título de Miss Estados Unidos 2010. De acordo com sua irmã, a família se mudou há 17 anos para os EUA.

Rima nasceu no sul do Líbano em uma vila xiita que foi bombardeada durante guerra entre Israel e o Hezbollah, em 2006. Ela diz que sua família é muito tolerante e que celebra tanto a fé cristã como muçulmana, porém preferem ser chamados de libanesa, árabe ou árabe-americana.

“Nós não tomamos partido e isso é estranho em um país como o Líbano”, disse a irmã da miss, Rana Fakih, referindo-se a guerra civil que ocorreu principalmente entre muçulmanos e cristãos e dividiu o país.

De acordo com a irmã da modelo, Rina nasceu em uma aldeia no sul Srifa, perto da cidade portuária de Tiro, depois que seus pais não conseguiram chegar em sua casa em Beirute por causa dos combates durante a guerra civil de 1975-90.

Rima e sua família imigraram para os EUA em 1993 quando ela ainda era criança e estudou em escolas cristãs em Nova York. Rana, que voltou para o Líbano há alguns meses por causa de um novo trabalho, disse que Rima visita o país com frequência – a última viagem foi para comemorar o Ano Novo.

Em entrevista a agência de notícias Associated Press, Rana afirmou que a irmã sofreu críticas por ser árabe. “Não foi fácil para Rima para chegar a este título”, disse sem entrar em detalhes – apenas afirmou que as críticas foram feitas por alguns sites americanos.

“Estamos muito orgulhosos como libaneses-americanos e libaneses por Rima ter chegado a esse ponto. Apesar das pressões e estereótipos sobre árabes e libaneses, ela conseguiu. Ela lutou e alcançou seu objetivo”, disse Rana.

‘Estamos muito felizes por este evento e que deveríamos ter feito alguma coisa aqui para comemorar”, disse Ali Eid, o chefe do conselho municipal de Srifa, onde Rina nasceu. Mas, segundo ele, a vila estava muito ocupada com a preparação para as eleições municipais no domingo.

O prefeito de Mohammed Srifa, Hamed Nazzal, também expressou seu orgulho, de acordo com a Associated Press. “Uma mulher de Srifa torna-se Miss America é uma grande notícia para nós”.

Na noite da premiação, Rina disse que é contra a imigração ilegal e que apoia a nova lei contra imigração do Arizona. Porém, ela também afirmou que é contra a discriminação racial. Rima foi a escolhida entre outras 50 garotas.

Foto: Darren Decker/Efe

Fonte: Folha Online

Published in: on maio 18, 2010 at 10:51  Comments (3)  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/05/18/miss-estados-unidos-2010-nasceu-no-libano/trackback/

RSS feed for comments on this post.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Mas ainda assim, não chega nem aos pés da Flavinha Aleixo.
    Esta sim deveria ser a Miss Universo, ou melhor, Miss Via Láctea!

    Luciano – Curitiba – PR

    • Amigo querido! Você é o máximo! Um excelente dia para você, viu? Beijão.

  2. Bah!
    Sem comentários.
    Ela é linda, babei.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: