“Cuidado! Seu Príncipe pode Ser uma Cinderela” ajuda a identificar gay enrustido

A homossexualidade continua a ser um tabu na sociedade brasileira. A nova geração, no entanto, está mais aberta e decidida a enfrentar o preconceito ao se assumir gay. Jovens, como Lucas El Osta, “saem do armário” e conseguem manter um bom relacionamento com os pais e as pessoas que estão presentes em sua vida. El Osta participa de uma ONG orientando aqueles que estão descobrindo a sua homossexualidade.

Sem medo de se assumir, Lucas já tem um livro preparado para ser lançado. Ele aguarda uma editora. São diários que o rapaz escreve desde os 13 anos, quando estava descobrindo sua orientação sexual.

A ideia do estudante é ser um exemplo para aqueles que estão indecisos, mostrando tudo pelo que ele passou e como superou a situação. A sexualidade não será o único tema do livro. A intenção é falar dos problemas familiares, de como descobriu que era disléxico e do bullying que sofria na escola.

Ainda assim, existe uma parcela da população que mantém uma fachada e tenta levar a vida da forma considerada normal pela sociedade ou pela família. Por conta de repressões ou insegurança, homens e mulheres vivem com pessoas do sexo oposto por obrigação.

A decepção acaba ocorrendo para os dois lados, com nenhum se sentindo satisfeito emocional e sexualmente. A proposta das jornalistas Consuelo Dieguez e Ticiana Azevedo, autoras do livro “Cuidado! Seu Príncipe pode Ser uma Cinderela”, é identificar os gays enrustidos.

Dieguez e Azevedo partiram de histórias verídicas para montar um guia com dez lições básicas. Tratando do assunto de forma divertida, apresentam os principais aspectos para diferenciar um heterossexual de um homossexual por meio do vestuário, comportamento, vida social, interesses, atividades e, claro, sexo.

Sinopse

Muitas mulheres se sentem atraídas por homens de porte atlético, educados e elegantes, porém, entre quatro paredes, o que rola é pura decepção.

Em “Cuidado! Seu Príncipe Pode Ser uma Cinderela”, Consuelo Dieguez e Ticiana Azevedo utilizam o humor para tratar de um tema muito sério nos relacionamentos modernos: a homossexualidade enrustida.

Com base em histórias verídicas e surpreendentes, as autoras criaram um divertido guia para as leitoras identificarem se o homem de seus sonhos é, na verdade, um gay sem coragem de sair do armário.

As autoras criaram dez divertidas “peneiras” – às quais as mulheres devem submeter seus “machos” -, que tratam de diversos aspectos: vestuário, comportamento, vida social, interesses, atividades e, claro, sexo.

Fonte: Folha Online

Anúncios
Published in: on maio 11, 2010 at 21:59  Comments (4)  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/05/11/cuidado-seu-principe-pode-ser-uma-cinderela-ajuda-a-identificar-gay-enrustido/trackback/

RSS feed for comments on this post.

4 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Achei o livro péssimo, preconceituoso! Mal escrito e de mau gosto. Acho que foi escrito por duas mal amadas. Obrigado!

  2. Adorei o livro achei super divertido e encorajador, estou pensando seriamente em sair do armario e mostrar pra todo mundo minha natureza feminina.

  3. Achei esse livro péssimo e extremamente preconceituoso e super, mais super superficial e sem nexo, só reforça a homofobia diária que 20 milhões de cidadãos homossexuais são submetidos diáriamente.

  4. Obrigado a Consuelo Dieguez e Ticiana Azevedo por fomentar o preconceito e fenômero da esterotipação. O Brasil vai longe com esse livro.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: