Gêmeo de presidente polonês morto avança em pesquisa eleitoral

VARSÓVIA – O líder oposicionista Jaroslaw Kaczynski, irmão gêmeo do presidente polonês morto num acidente aéreo em abril, está crescendo na campanha para a eleição presidencial de 20 de junho, segundo uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira.

Desde 10 de abril, quando o avião do presidente Lech Kaczynski caiu na Rússia, o cargo está sendo ocupado interinamente pelo presidente do Parlamento, Bronislaw Komorowski, que também é o favorito na eleição que escolherá o novo titular da Presidência. Ele tem apoio do primeiro-ministro Donald Tusk, do partido centrista Plataforma Cívica.

As pesquisas indicam a vitória do candidato do Plataforma sobre o conservador Kaczynski, do partido Lei e Justiça. Mas um novo levantamento do instituto SMG/KRC, divulgado pelo canal TVN 24, mostra que Kaczynski avançou para 41 por cento das intenções de voto no segundo turno, ainda 14 pontos atrás de Komorowski, mas com um avanço de 7 pontos desde o começo de maio.

Se nenhum candidato obtiver maioria absoluta em 20 de junho, haverá segundo turno duas semanas depois. Tusk já admitiu que dificilmente Komorowski vencerá no primeiro turno.

A Polônia foi o único país da União Europeia que não entrou em recessão no ano passado, mas Tusk diz que a economia do país correria riscos se Jaroslaw Kaczynski, que foi primeiro-ministro em 2006 e 2007, virar presidente.

“Se perdermos esta eleição podemos nos tornar outro país desestabilizado na Europa. Isso está ameaçando a Grécia hoje, talvez outros Estados da Europa também. Com sorte não (…) a Polônia”, disse ele em entrevista publicada nesta segunda-feira no jornal Gazeta Wyborcza.

“A estabilidade da Polônia, quando se trata de questões econômicas, está lentamente se tornando uma marca registrada na Europa. Mas não podemos nos esquecer que isso é uma novidade. Devemos estar cientes de que essa estabilidade não nos foi dada para sempre. Essas eleições podem ser um momento crítico.”

Kaczynski foi primeiro-ministro como parte de uma fracionada coalizão de direita, que desagradou elites políticas e empresariais e abalou as relações do país com União Europeia, Alemanha e Rússia.

Após cair na semana passada, refletindo preocupações dos investidores com a crise grega, a moeda polonesa, o zloty, subiu nesta segunda-feira, junto a outras moedas regionais, por causa do anúncio de um pacote global de 1 trilhão de dólares para estabilizar a zona do euro.

Fonte: Reuters

Anúncios
Published in: on maio 10, 2010 at 21:07  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/05/10/gemeo-de-presidente-polones-morto-avanca-em-pesquisa-eleitoral/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: