Vídeo de padre transando com jovem deixa cidade chocada

Uma das teses que os defensores do monsenhor Luiz Marques Barbosa, de 83 anos, de Arapiraca (AL), vêm adotando para defendê-lo das acusações de pedofilia contra ex-coroinhas é que ele não é pedófilo, mas homossexual. Sua orientação e suas práticas sexuais já seriam conhecidas dos superiores desde a ordenação sacerdotal, em 1951. Essa teria sido a causa de sua transferência de Alagoas para São Paulo, onde trabalhou até se aposentar e voltar para o local de origem

Segundo essa tese, o que se viu nos vídeos gravados pelas vítimas do abuso, e que foram veiculados no programa “Conexão Repórter, do SBT, foi uma relação homossexual. Portanto, não haveria crime. A culpa do monsenhor seria pela violação dos votos de castidade, com o conhecimento dos superiores. A polícia não acredita.

Na semana passada, as delegadas Angelita Sousa e Barbara Arraes ouviram mais de uma dezena de jovens e reuniram fotos e documentos que podem provar que os três sacerdotes de Arapiraca – além de Barbosa, o padre Edilson de Duarte, de 43 anos, e o também monsenhor Raimundo Gomes Nascimento, de 53 – acusados de pedofilia usavam seu poder para abusar dos jovens desde que eles tinham 12 anos.

O lado irônico da tese de defesa do monsenhor Barbosa é que ele já atacou publicamente os homossexuais e chegou a proibir o funcionamento de uma oficina de capacitação profissional para travestis no salão da paróquia que dirigia. “Ele era homofóbico”, diz o ativista gay Claudemir Martins, de Arapiraca.

O senador Magno Malta, evangélico que preside a CPI da Pedofilia, também quer a criminalização dos envolvidos. Ele esteve em Maceió para tratar do escândalo. No dia 16, volta com outros integrantes da comitiva para promover audiências publicas em Arapiraca.

Vítima

Anderson Faria, de 21 anos, um dos três ex-coroinhas que decidiram denunciar os abusos a que teriam sido submetidos, relatou à reportagem que, seis anos atrás, quando decidiu se afastar do monsenhor Raimundo Gomes Nascimento, foi surpreendido com a reação dele. No púlpito, diante de fiéis que não entendiam exatamente o que estava acontecendo, ele atacou o rapaz que desejava se livrar dos abusos, acusando-o de ingrato. “Disse que eu estava indo para o caminho do mal”, lembrou o ex-coroinha.

Foi tão pesado que a mãe de Anderson dirigiu-se à sacristia, após a missa, para reclamar. Só recentemente, quando o filho relatou-lhe os abusos, ela teria compreendido a contundência da homilia do monsenhor. “Ele não tinha vergonha nenhuma do que fazia”, disse o ex-coroinha.

Os fatos eram conhecidos nos círculos internos da Igreja. Quando começaram a vir à tona, dois anos atrás, foram feitas negociações secretas para silenciar os ex-coroinhas. O bispo italiano D. Valério Breda, à frente da Diocese de Penedo há 13 anos, teria sido informado sobre cada passo desses episódios, segundo relatos e documentos apresentados pelos ex-coroinhas.

A reportagem procurou, sem sucesso, conversar com o bispo em diferentes ocasiões na semana passada. Ele tem evitado a imprensa e também proíbe os padres de falarem. Em nota oficial, porém, assegurou na última quinta-feira que só soube dos fatos após a reportagem veiculada pelo SBT em março, que deu repercussão nacional ao caso. O DVD com as imagens pode ser comprado a R$ 5 em qualquer esquina de Arapiraca.

Na época

Fabiano, hoje com 20 anos, relatou que se tornou coroinha na igreja com 12 anos de idade e desde então foi assediado sexualmente pelo padre. Contou ainda que manteve um relacionamento com o religioso durante anos, e por isso desistiu do antigo sonho de se tornar padre.

Durante a apuração, outros jovens foram localizados dizendo que passaram pelo mesmo assédio, chegando a prática do sexo com os padres. Entre eles está um menino, de 11 anos. Ele afirmou que foi assediado por um outro padre da região, Edilson Duarte, responsável pela Igreja Catedral de Bom Conselho.

Na reportagem seguiram-se várias denúncias de jovens e pais de crianças que foram coroinhas e acabaram assediados pelo Monsenhor Luiz Marques, pelo padre Edilson Duarte e pelo Monsenhor Raimundo além de um outro padre não identificado.

Os padres foram ouvidos e negaram toda a história, mas a reportagem flagrou um advogado identificado como Daniel Fernandes intimidando e até ameaçando os jovens responsáveis pela gravação, identificados como Flávio e Fabiano.

Os garotos confirmaram ainda que receberam R$ 30 mil reais do advogado em uma negociação intermediada pelo Monsenhor Raimundo para que não divulgassem os vídeos.

No final da reportagem o delegado Marcilio Barenco informou que todas as gravações e fatos já foram remetidos para o Ministério Público e para a Arquidiocese de Maceió, que devem tomar as providências cabíveis.

Confira a reportagem:

Fonte: GAZ / SBT / YouTube

About these ads
Published in: on abril 13, 2010 at 10:13  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: http://flaviaaleixo.wordpress.com/2010/04/13/video-de-padre-transando-com-jovem-deixa-cidade-chocada/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

2 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Caramba! Que cara abusado!

    • muito estranha esta historia, este moço que diz ter sido abusado pelo padre, desde os 14 anos é abusado pelo paroco que é um velho de idade avançada, e só agora ele vem denunciar aos 21 anos de idade depois de mais de 7 anos. sera que ele não gostava dos atos com o padre? o que é estranho tambem é que ele comenta que o padre o comprava, então se ele o comprava era porque ele aceitava, porque ninguem é obrigado a fazer sexo com niguem se a pessoa não lhe ameaçar de morte. muito estranho tudo isso.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.518 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: